quarta-feira, outubro 24, 2007

Há 50% de probabilidades de você ler isto

Eu gosto de estatísticas. Vibrei com o facto de Portugal ter atingido um défice de apenas 3% do PIB ou de viver num país onde 80% dos seus habitantes não colocaram um pé, ou dois, numa biblioteca durante 2006.
Sou daqueles que, para agilizar qualquer conversa de café, coloca logo quatro ou cinco factos indismentíveis em cima da mesa só para desanuviar o ambiente. É sempre reconfortante depois ver as pessoas de boca aberta, espantantadas não só com o meu brilhantismo mas com o facto de eu ocupar os meus neurónios a decorar números avulsos sem qualquer significado. Gosto tanto de estatísticas, percentagens e probabilidades que, logo pela manhãnzinha ao pequeno-almoço, respeito o delicado equilíbrio de 30% cereais, 10% de leite, 20% fruta e 50% sono.
E foi com agrado que encontrei um site que contém uma lista de probabilidades de tudo o que nos pode, ou não, vir a acontecer na vida. Aqui vão as mais interessantes e que podem vir a dar algumas horas divertidas no serão de muitos lares do nosso país:

-Probabilidade de um meteorito destruir a sua casa : 182,138,880,000,000 para 1
-Probabilidade de morrer afogado numa banheira: 685,000 para 1

-Probabilidade de namorar uma top-model: 88,000 para 1
-Probabilidade de namorar um milionário: 215 para 1

-Probabilidade de ser atingido por um relâmpago: 576,000 para 1
-Probabilidade de morrer por ter sido atingido por um relâmpago: 2,230,000 para 1
-Probabilidade de apanhar hemorróidas: 25 para 1

-Probabilidade de estar num avião pilotado por um um piloto alcoolizado: 117 para 1
-Hipótese de morrer num acidente de avião: 1 em 354,319
-Hipótese de ser morto por peças caídas de um avião: 1 em 10,000,000

-Probabilidade de avistar um OVNI hoje: 3,000,000 para 1
-Probabilidade de ser considerado possuído por Satanás: 7,000 para 1

-Probabilidade de ser canonizado: 20,000,000 para 1


E assim se chega à conclusão de que a vida não é 100% justa.



terça-feira, outubro 23, 2007

Iliteracia 100% grátis

Segundo um estudo apresentado hoje pelo Observatório das Actividades Culturais, os portugueses lêem cada vez mais jornais. Porquê? Porque são de borla. Segundo outro estudo apresentado, apenas 50% dos portugueses leram um livro em 2006. Por isso é que este blog continua numa política de investimento na palavra totalmente grátis. É à borla, não se queixem.

segunda-feira, outubro 22, 2007

Que porra de site de T-Shirt é esse cara?

Primeira surpresa do regresso de férias: os administradores deste blog decidiram impôr publicidade neste maravilhoso endereço. Eu pessoalmente não sou contra a publicidade. Mas sou fundamentalista contra a má publicidade a não ser que seja minha. Agora, não suporto a má publicidade dos outros. Um banner a favor do onanismo diário ainda vá, ou outro a favor da legalização do torresmo fumado também não seria má política; agora um banner a publicitar um site de t-shirts de um tipo que mete cães não me parece o mais ajustado ao público que nos visita.
Vejamos alguns exemplos de categoria que encontrei:








Sim senhor, é a melhor arte que se pode estampar numa t-shirt. É ou não é de grande qualidade? E já agora, se é de cães que falamos, onde é que estão as T-shirts da Lassie, do Pluto ou do Cão Vagabundo?
Mas pronto, façam lá a vontade aos rapazes e comprem alguns panos de cozinha (porque de t-shirt têm de muito pouco) para eles comprarem um iate. Com alguma sorte, zarpam daqui para fora e desamparam-me a loja.

Posts em extinção?

Aqui estou eu mais uma vez, regressado de umas férias para impôr o respeito, alguma ordem neste blog e obviamente a minha opinião já que sou eu que pago. Porque estou descontente com o facto deste blog ter sido esquecido. Durante a minha ausência, este espaço tornou-se um alvo da Greenpeace tais eram questões que levantavam sobre a ausência de postas de pescada que não se viam a navegar. Estaria este blog entrado em extinção?
Mas agora o mau gosto voltou em todo o seu expoente e podeis ficar descansados porque não faltarão motivos fortes para degladiar argumentos, opiniões e quem sabe entrar em constante escaramuça.

Que droga de vida...

Devido a acontecimentos recentes, a cantora Amy Winehouse mudou o nome para Amy Drugstore...

sexta-feira, outubro 19, 2007

Conversa fiada de BCP

- Então tu deste 12 milhões ao teu filho?!
- Ó pus dei!...

segunda-feira, outubro 08, 2007

Portugal um país atrasado!


Hoje acordei meio deprimido.
Eu que defendo a nossa nação, deparei-me com um artigo numa revista que me deixou num estado de apoplexia. Incrédulo, resolvi juntar a este artigo alguns dados estatísticos retirados da Net. Infelizmente, estes corroboravam o tal artigo e só pude chegar a uma conclusão:
afinal Portugal é mesmo sub-desenvolvido.
A prová-lo está o facto de que, em média, um português consome menos de 1 quarto de lixo por ano, do que consomem os senhores do países desenvolvidos.
Gastam em casa cerca de metade da energia destes e os seus carros emitem cerca de 1 terço de CO2 por ano.
Por não termos dinheiro para comer, não temos tantos obesos: cerca de 1 quarto.
Por outra lado, como somos uns calões e não nos preocupamos com nada, temos menores índices de suicídios.
Ou seja, há um conjunto de sinais que demonstra claramente o nosso atraso.
O pais mais evoluído, para os que ainda não adivinharam, são os Estados Unidos.
Meus Deus, como gostaria de ser como eles.
Vou já comer um hambúrguer e arrotar bem alto, para sentir que afinal, tanto lá como cá, podemos ser todos iguais.

Orgulho em ser mulher...

video

quinta-feira, outubro 04, 2007

Tou curtindo o Brasil

Desde há muitos anos que penso que habito um país sui generis, no top 5 da imbecilidade. Eis que de repente, sem pré-aviso, sou violentamente confrontada com o destronar do meu país, por um outro, onde curiosamente se fala a mesma língua, levando-me a concluir que o português não é flor que se cheire...
Ainda há pouco tempo estive neste país e constatei mais uma vez que não tem ponta por onde se pegue. Apesar da beleza natural incontestável, haver 12 barracas por metro quadrado não é propriamente a coisa mais agradável. Andar constantemente a olhar por cima do ombro, não para ver se temos caspa, mas porque há insegurança, também não é o melhor do mundo. Por isso, um iluminado Governador de Brasília pôs mãos à obra e instaurou uma lei que vai acabar com muita da desgraça do país. Quando tudo apontava que iria proibir o vandalismo, o furto ou o roubo, o sequestro ou o tráfico de droga, a corrupção ou o lixo nas praias, não! Tudo isto são crimes menores, quando comparados com o Gerúndio! É verdade, a utilização do gerúndio está proibida pois é um tempo verbal que traduz a ineficácia: significa que as acções estão sempre a ser feitas mas que nunca se conclui nada. Sim senhora, é muito perigoso. Curiosamente, um excerto do decreto dizia assim: “...eu, Governador Fulano Tal, estou emitindo um decreto proibindo a utilização do tempo verbal gerúndio por todos os funcionários públicos trabalhando na Administração Pública, atacando por esta via a burocracia...”.